Ponto do Espeto Pizzaria Tropicália Rest. Lanchonete Zebra's Praia Mariana

14 de julho de 2017

Reforma trabalhista é sancionada sem vetos

Em cerimônia sem a participação das principais centrais sindicais, o presidente Michel Temer sancionou nesta quinta-feira, 13, a reforma trabalhista. O Palácio do Planalto editará medida provisória para ajustar itens da reforma e descartou a volta do imposto sindical pago por trabalhadores. O Planalto comemorou a mudança que altera mais de 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e Temer disse que, apesar da "suposta crise", há "entusiasmo enorme" com o governo.

A reforma trabalhista dá força à negociação coletiva e flexibiliza as relações trabalhistas com a adoção de novos contratos, como o intermitente. As novas regras passam a valer em 120 dias e o governo prevê maior dinamismo do mercado de trabalho. A cerimônia para a sanção contou com a presença maciça de ministros e parlamentares da base governista em um esforço para mostrar coesão mesmo enquanto o governo tenta se desvencilhar do processo contra o presidente.

0 comentários: