2 de maio de 2018

Marcada primeira audiência do caso Kelly Cadamuro

O juiz André Ricardo Botasso, da Justiça de Frutal, marcou para as 9h do dia 16 de maio, a audiência de instrução de Jonathan Pereira do Prado, Wander Luís Cunha e Daniel Teodoro da Silva, acusados de latrocínio e roubo seguido de assassinato da jovem Kelly Cadamuro, em 1º de novembro de 2017, em Frutal.
Kelly foi assassinada após dar carona para Jonathan, numa viagem de Rio Preto a Itapagipe (MG). Depois de matar a jovem, às margens do rio Marimbondo, em Frutal, o acusado voltou com o carro da vítima e foi identificado por câmeras em posto de pedágio.

0 comentários: