11 de novembro de 2018

Mulher é presa ao confessar que mandou matar morador de rua em Rio Preto

A companheira do morador de rua morto na madrugada deste sábado(10) em São José do Rio Preto (SP) confessou para a polícia que mandou matá-lo. Em depoimento, ela disse que foi agredida por ele na semana passada. Ela foi presa em flagrante.
Na primeira versão, ela contou à polícia que viu três homens agredindo o companheiro, mas os policiais desconfiaram dela e, na delegacia, ela acabou confessando. Os outros envolvidos no crime estão sendo procurados.
O morador de rua Juliano de Almeida de 35 anos foi encontrado morto pela Guarda Municipal no bairro Vila Ercília. Ele foi achado caído na Rua Conselheiro Saraiva.