11 de novembro de 2018

Suspeito de explodir bancos é preso ao procurar atendimento em hospital de Rio Preto

Um homem internado em um hospital particular de São José de Rio Preto (SP) está sob escolta policial por ser suspeito de fazer parte da quadrilha que aterrorizou Frutal (MG), na madrugada da última quinta-feira (8).
Jeferson Martins Rodrigues, 38 anos, deu entrada neste sábado (10) no hospital dizendo que tinha levado um tiro no pé durante uma caçada a javalis. A polícia desconfiou da história e levantou a ficha dele.
Ele é suspeito de integrar a quadrilha que, segundo a polícia de Minas, era composta por 15 homens. Na madrugada de quinta-feira eles tentaram roubar duas agências bancárias em Frutal e provocaram terror. A polícia chegou, teve tiroteio, alguns criminosos fugiram.
Jeferson passou por uma cirurgia e o delegado da Polícia Federal de Minas Gerais, que está investigando o caso, deve pedir na Justiça a prisão temporária de o suspeito e deve vir a Rio Preto para levá-lo a Minas.