23 de dezembro de 2018

Juiz decreta prisão temporária de mulher que matou o pai

A Justiça de Rio Preto decretou a prisão temporária de Nayara Nideria Rocha Alonso, 26 anos, pelo crime de latrocínio. Ela foi presa na tarde de sexta-feira, dia 21, suspeita de ter assassinado o próprio pai, um aposentado de 63 anos. O corpo da vítima foi encontrado dentro de uma chácara em Mirassol. A Justiça entendeu que era necessária a prisão temporária pelo prazo de 30 dias.

A mulher foi presa em uma casa no bairro Bela Vista. Para o delegado de Mirassol, Mauro Truzzi, ela confessou que teria matado o pai e furtado o televisor para vender em troca de drogas.

Na chácara da vítima, os policiais encontraram uma barra de ferro usada para golpear a cabeça do aposentado. Além da confissão, a polícia teve acesso a imagens de um circuito de filmagem que mostram a jovem carregando a televisão. A vítima foi sepultada na quinta-feira, 20, no cemitério de Bálsamo.
Fonte: Diário da Região