1 de maio de 2019

Morre Beth Carvalho, a 'madrinha do samba'

A cantora Beth Carvalho morreu, aos 72 anos, no final da tarde desta terça-feira, 30, depois de dois meses internada em um hospital no Rio de Janeiro. Uma das referências do samba, ela era considerada madrinha por artistas como Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz.
A morte da cantora foi confirmada por seu empresário, Afonso Carvalho. Segundo o comunicado, ela morreu às 17h33. "Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade nesse momento. Beth deixa um legado inestimável para a música popular brasileira e sempre será lembrada por sua luta pela cultura e pelo povo brasileiro", diz o comunicado.

Um problema na coluna já afligia a cantora havia algum tempo. Em 2009, ela chegou a cancelar sua apresentação no show de réveillon de Copacabana por causa de fortes dores. Em 2012, se submeteu a uma cirurgia na coluna. No ano seguinte, foi homenageada pela escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, no carnaval de São Paulo, mas não participou do desfile já por motivos de saúde.
No ano passado, com a mobilidade cada vez mais reduzida pelos efeitos do problema na coluna, Beth fez um show histórico. Ao lado do grupo Fundo de Quintal, ela mostrou sua força ao cantar deitada seus sucessos no show "Beth Carvalho encontra Fundo de Quintal - 40 anos de pé no chão".