30 de julho de 2019

Vistoria em linha do trem aponta risco de incêndio

Vistoria da Defesa Civil de Rio Preto nos 20 quilômetros da linha do trem que corta o município apontou risco de incêndios em pontos com mato alto no trecho. A inspeção foi realizada na manhã desta terça-feira, 30, por quatro agentes do órgão acompanhados por funcionários da Rumo, concessionária da ferrovia.
Os agentes iniciaram a blitz dentro de um alto de linha (pequeno veículo ferroviário) e percorreram o trecho entre a estação de Mirassol e do Distrito de Engenheiro Schimitt. Segundo o diretor do órgão, Carlos Lamin, as áreas com mato alto estão em regiões rurais. "É uma preocupação porque o trem também transporta combustível", afirmou Lamin.

De acordo com o diretor, em alguns trechos os agentes também observaram queimadas às margens dos trilhos. "Vimos áreas queimadas. Os funcionários da Rumo disseram que nesses casos o maquinista é orientado a parar e acionar os Bombeiros e equipe técnica da concessionária", disse. 

A vistoria também observou a manutenção de dormentes, presilhas e parafusos que sustentam os trilhos. Segundo Lamin, pelo observado existem dormentes que precisam ser trocados, apesar de que no geral as condições da ferrovia estão dentro do esperado. "Mas é uma vistoria visual, isso não significa que não há riscos de acidentes", completou.