21 de setembro de 2019

Aluno que ameaçou Unirp foi até Brasília reclamar de professor no MEC

O aluno que ameaçou atacar a Unirp (Centro Universitário de Rio Preto) chegou a ir até Brasília para reclamar de um professor no Ministério da Educação (MEC). A informação é do delegado Julio Cezar Simões Pesquero, do 1º Distrito Policial.

Após ser detido por investigadores do GOE (Grupo de Operações Especiais) e da Delegacia Seccional, na manhã desta quarta-feira (18), no hotel Metrópolis, no centro de Rio Preto, o estudante, de 23 anos, afirmou que um bate-boca entre ele e um professor o motivou a fazer as postagens ameaçando ataques ao local e aos colegas. 

"Ele disse que as postagens foram sarcásticas e que não tinha intenção de cometer atentado contra a faculdade ou outras pessoas. Ele também disse que gosta do local, mas achou a atitude do professor deselegante e antiética”, conta o delegado.

Ainda segundo o policial, o aluno disse que chegou a reclamar do docente para a instituição, mas não foi ouvido. Por isso, na última sexta-feira (13), ele embarcou para Brasília. "Ele viajou e depois ficou nesse hotel em Rio Preto, porque estava assustado com a repercussão do caso”.