29 de maio de 2020

Olímpia publica decreto que permite reabertura de comércios, restaurantes, bares e outros setores

O prefeito de Olímpia (SP), Fernando Cunha, publicou nesta sexta-feira (29), o decreto nº 7.793 autorizando a retomada consciente de atividades e flexibilizando setores da economia. O documento, que entra em vigor a partir de 1º de junho, segue as diretrizes e determinações do governo do estado estadual.
De acordo com o Plano São Paulo, apresentado na quarta-feira (27) durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, Olímpia está na fase 3 (amarela), que permite a retomada gradual de segmentos, mediante critérios específicos.

O decreto municipal de Olímpia prevê a reabertura de restaurantes, lanchonetes, padarias e similares. Os proprietários devem adotar medidas sanitárias. Serão permitidas apenas duas pessoas para cada mesa, podendo ser aglutinada mais uma, não ultrapassando o limite de quatro pessoas, além do distanciamento de dois metros entre mesas.
Os restaurantes com sistema self-service devem estabelecer funcionários específicos para servir os clientes. A autorização se estende também aos restaurantes de clubes sociais e pesque pague.

Já para os bares e comércio alimentício e de bebidas em centros de compras, não será permitido o consumo no balcão do estabelecimento. O consumo no local somente está autorizado mediante a colocação de mesas desde que sigam os mesmos critérios citados acima.