16 de junho de 2020

Moradores colocam fogo em barracos em reintegração de posse.

O cumprimento de uma reintegração de posse em um terreno particular em Guaianases, na zona leste de São Paulo, gerou protesto de moradores na manhã desta terça-feira (16). Eles atearam fogo nos barracos para tentar impedir o avanço das retroescavadeiras. Um dos acessos é a rua Utaro Kanai, região do Conjunto Habitacional Juscelino Kubitschek.
O terreno é de propriedade de três famílias há muito anos e agora seria transformado em moradia popular. Segundo o advogado dos proprietários, Caio Grisanti, já há uma parceria com a construtora e o projeto foi aprovado pela prefeitura, mas aguarda a aprovação também da Cohab (Companhia Metropolitana de Habitação).

De acordo ainda com o advogado, a área foi invadida em 31 de março, mas as famílias foram removidas em abril. Novamente elas teriam retornado ao terreno em maio. "Esse tipo de invasão inviabiliza a construção de moradias populares nesta região", explicou Caio Grisanti.
Já um dos moradores entrevistados pela Record TV afirmou que foi para o terreno há cerca de um mês porque não tinha mais condições de pagar aluguel: "A gente quer moradia, não quer briga com a polícia".