15 de junho de 2020

Morte de Adolescente Gera Protestos e Ônibus Queimados.

A morte do adolescente Guilherme Silva Guedes, de 15 anos, ocorrida na madrugada do domingo (14) , na Vila Clara, zona sul de São Paulo, motivou protestos por parte de familiares e amigos, que começaram por volta das 17h desta segunda-feira (15) e duraram por mais de três horas na região. Inicialmente pacífica, a manifestação arrefeceu e houve confronto entre populares e policiais militares. As informações são da Record TV.
De acordo com a tia de Guilherme, ele teria desaparecido pela ação de um policial que trabalhava como vigilante em um galpão da região. Após um assalto no estabelecimento, o suposto policial teria ido atrás dos responsáveis na região, confundindo o adolescente, que não tem passagens na polícia, com um dos criminosos. 
A família ainda afirma que encontrou o crachá de um policial no local de onde Guilherme teria desaparecido. Este suposto policial seria de São Bernardo do Campo. Familiares e amigos do adolescente protestaram em frente ao local onde o jovem foi visto pela última vez. O dono do estabelecimento que foi assaltado afirmou que os seguranças terceirizados do local não trabalham armados.