22 de agosto de 2020

Polícia Indicia Homem por 17 Estupros em Rio Preto.

 

A Polícia Civil de de São José de Rio Preto, indiciou  o soldador José Antônio Miranda da Silva, de 48 anos, por 17 estupros, sendo que três deles foi seguido por feminicídio. A informação foi divulgada nesta Sexta-feira, 21. Esse seria o maior caso de estupro em série em Rio Preto, pelo menos, nos últimos 10 anos, segundo a polícia.
Entre os casos, está o assassinato de Adriana de Mello, que teve a ossada encontrada em um terreno baldio na Vila Toninho, em Rio Preto, em Outubro de 2019. Até então, a autoria do casa era desconhecida. A vítima deixou em filho de seis anos. "Ele confessou a autoria da morte dela, com alegação do que aconteceu durante uma briga por posse de drogas," diz o delegado Wander Luciano Solgon, da Divisão Especial de Investigações Criminais (DEIC), que contou com a ajuda do delegado Paulo Buchala Jr., que obteve a confissão de José Antônio.