10 de outubro de 2020

Região de Rio Preto continua na fase amarela, agora com horário ampliado.




Região de Barretos, que inclui Olímpia, regride para a fase laranja no plano do Governo Estadual.

O governo de São Paulo manteve a região de Rio Preto na fase amarela do plano de retomada da economia em meio à pandemia e alterou regras para regiões que estão nesta etapa. A fase amarela terá maior flexibilização de horários para comércio e atividades como bares e restaurantes que poderão funcionar até 10 horas por dia. Pelas normas anteriores, que devem ser seguidas pelos municípios, a liberação para horário de funcionamento era de oito horas diárias. No caso de base e restaurantes o horário limite de atendimento será até às 23h. Antes, o limite era 22h para permanência nos estabelecimentos."As regiões que estão na fase amarela poderão estender de 8h para 10 horas, horário de funcionamento presenciais, incluindo comércio de rua, shoppings, academias, cabeleireiros e prestadores de serviço", afirmou Doria na coletiva. 

As alterações no plano com relação à fase amarela foram publicadas no Diário Oficial do Município. Em Rio Preto, o prefeito Edinho Araújo (MDB) publicou novo decreto que prorroga as medidas adotadas por conta da pandemia e irá ampliar funcionamento do comércio, com base na reclassificação feita pelo Estado. As alterações foram anunciadas em live da Prefeitura. O comitê gestor da Prefeitura publicou novas deliberações. Por outro lado, a região de Barretos, que inclui Olímpia, regrediu para fase laranja do plano São Paulo. Apesar de o governador João Doria (PSDB) ter afirmado no mês passado que regiões que tivessem piora em índices iriam para fase vermelha, o Estado rebaixou Barretos para laranja. Essa etapa, maior parte dos setores ainda permanece restrita a atividades essenciais, de acordo com dados do governo estadual. A Prefeitura de Olímpia afirma que irá manter estabelecimentos em funcionamento conforme previsto na fase laranja, ou seja, sem alterações.