22 de novembro de 2020

EXEMPLOS DE EMPREENDEDORES QUE FIZERAM A SUA HISTÓRIA.


SILVIO SANTOS
: Começou a vida profissional aos 14 anos como camelô. Vendia capinhas para titulo de eleitor. Até que, um dia, foi convidado para trabalhar em uma rádio por causa de sua bela voz. Depois de alguns meses como locutor, voltou para as ruas dizendo que ganhava mais como ambulante. Hoje, é um empresário de sucesso, dono de um grupo de empresas, do qual faz parte, inclusive, uma emissora de TV. Saiba mais a respeito deste empreendedor acessando na internet o site: www.sbt.com.br/silviosantos/.

DAVID PORTES: Um camelô que se tornou uma das pessoas mais requisitadas de todo o país para fazer palestras sobre suas experiências profissionais. Sua banca de doces ficou famosa no Rio de Janeiro e se tornou modelo de bom atendimento aos clientes, com muitas promoções criativas. Além da banca de doces e das palestras, ele também possui hoje uma empresa de comunicação que ajuda outras pessoas a serem criativas em seus negócios. Saiba mais a respeito deste empreendedor acessando na internet o site: www.davidportes.com.br/

HELOÍSA HELENA: Cabeleireira, Zica, como é conhecida, começou no quintal de sua casa, oferecendo um tratamento criado por ela para cabelos cacheados. Hoje, é dona da rede de salões Beleza Natural com milhares de clientes, 1200 colaboradores e nove salões de beleza no Rio de Janeiro.

AMADOR AGUIAR: Filho de lavrador, nasceu em Ribeirão Preto, no interior paulista, em 1904. Ainda menino, foi obrigado a abandonar a escola para ajudar na lavoura. Tinha 16 anos quando trocou a enxada na fazenda de café em Sertãozinho por um banco de praça em Bebedouro. Em pouco tempo conseguiu emprego numa tipografia, onde perdeu o dedo indicador direito numa máquina de impressão. Aos 22 anos, tornou-se office-boy na filial de um banco em Birigui; aos 24, já era gerente. Em 1943, associou-se a alguns amigos para adquirir um banco falido em Marília. Mudou o nome da instituição e, no dia da inauguração, a morte repentina de um dos sócios tornou-o diretor-presidente do novo banco. Graças a uma administração ousada e inovadora, transformou sua empresa no maior banco privado da América Latina. Quando morreu, em 1991, acumulava uma fortuna pessoal estimada em 860 milhões de dólares. Mesmo assim, manteve hábitos simples ao longo de toda a sua trajetória: gostava de dormir em rede e dirigia seu próprio carro, um Fusca.

Esses são apenas quatro exemplos, entre muitos, de pessoas que começaram o seu empreendimento com poucos recursos, e hoje desfrutam de grande sucesso. Mas qual é o segredo de cada um deles? Sorte? Não! Além de uma iniciativa diferente, eles tinham características de um empreendedor e planejaram muito bem o desenvolvimento de seus negócios.