GUARACI - Mulher leva soco do marido e morre horas depois.


A Vítima Lucia Helena Bartolomeu de 45 anos, morreu no Hospital da cidade de Guaraci e o caso foi registrado como Morte Suspeita.
Segundo as primeiras informações, um casal , brigava em sua residência (localizada na Vila Camargo), começou uma discussão. E durante a mesma o marido S.S. teria dado um soco na mulher (Lucia Helena Bartolomeu) ferindo o seu rosto.

Em seguida a vítima foi socorrida e deu entrada no Hospital de Guaraci. Mas o marido teria fugido do local das agressões.
No Hospital a vítima segou consciente e até se alimentou normalmente, mais tarde ela sofreu uma parada cardíaca e acabou morrendo.

A Polícia Civil foi acionada e o agente Diogo registrou o caso como Morte Suspeita. Os Policiais tentaram localizar o agressor, S.S., mas até o momento ele não foi localizado.
Para o médico a morte da mulher não tem ligação com o ferimento sofrido durante a briga com o marido, Mas a Polícia Civil vai investigar todos os detalhes.

ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE O CASO
A amiga da vítima, J.A.S., contou a Polícia, que estava na casa dela quando soube que sua amiga Lucia havia sido agredida pelo amásio, e que necessitava passar pelo médico. De imediato ela foi até a casa da mãe da vítima e a levou para o hospital de Guaraci. Que durante o atendimento a amiga contou para ela que o amásio havia desferido um soco em seu rosto e que devido a agressão ela começou a passar mal.

Segundo a PM, ao chegarem no Hospital os policiais souberam que a vítima havia dado entrada naquele local com um "pequeno galo na cabeça", conversando e bem lúcida. A mesma foi medicada e ficou em observação.
Cerca de meia hora depois o médico informou que a vítima queixou-se de dor no peito e em seguida teve um mal súbito e perdeu a consciência.
Imediatamente a vítima foi levada ao setor de emergência e após várias tentativas de reanimação ela acabou indo à óbito.

Vizinhos teriam informado a PM que o marido tratava-se de S.S. que procurado em sua casa não foi localizado. Várias diligências foram feitas para encontrá-lo mas sem sucesso.
Segundo a PM, o médico não soube informar se a morte ocorreu em decorrência da agressão sofrida antes ou por um Infarto Fulminante sofrido pela vítima no hospital.
O caso foi registrado como Morte Suspeita e a Polícia Civil deve esclarecer o caso...

Fonte: Olímpia24h.