Olímpia

Visão do Centro da cidade de Olímpia.

Olímpia

Parque Aquático Hot Beach.

Olímpia

Parque Aquático Thermas dos Laranjais.

Olímpia

Thermas Park Resort Spa.

Olímpia

Visão aérea da cidade e da Igreja de São João Batista.

Olímpia

Festival Nacional do Folclore.

      

26 de fevereiro de 2020

Jovem morre após infecção no dente

Um servente de pedreiro de 25 anos morreu de suspeita de infecção dentária no Hospital de Base de Rio Preto após ser agredido com um soco na mandíbula. Ele estava internado no hospital desde a última sexta-feira, 21. Na manhã desta terça-feira, 25, ele não resistiu e morreu.
Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado pelo hospital, Renan José Vieira Duran sofreu um choque séptico quando foi atingido pelo soco na mandíbula, mas o pai dele, Osvaldo Duran, afirma que a verdade é que o filho morreu em decorrência de uma infecção dentária não tratada.

"Há dias que ele reclamava de dor de dente. Passou por um dentista que deu uns medicamentos, mas não resolveu. Ele foi parar na Santa Casa. Como o caso era muito grave, meu filho foi transferido para o Hospital de Base de Rio Preto. Infelizmente, ele não aguentou e morreu", diz o pai do rapaz.
De acordo com o hospital, desde a última sexta, a vítima permaneceu internada da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Na manhã desta terça, o quadro evoluiu para uma disfunção múltipla de órgãos e parada cardíaca. O jovem não resistiu e morreu no hospital.

Restaurante Peixe Vivo

 No dia 25 de Fevereiro de 2020, a "Olly Fest" esteve registrando o almoço no Restaurante Peixe Vivo, na cidade de Icém/SP. Encontramos amigos e clientes da cidade de Icém e Região.

Homem que voltou da Itália para SP é o 1º caso de coronavírus no Brasil

O Brasil confirmou nesta terça-feira, 25, o primeiro caso do novo coronavírus (Covid-19) no País e na América Latina. Trata-se de uma pessoa que provavelmente foi infectada durante uma viagem para a Itália. O Ministério da Saúde divulgou a informação inicial de um teste positivo e disse que um novo exame já havia sido feito e seria divulgado nesta quarta-feira. Fontes ouvidas pelo jornal O Estado de S. Paulo, porém, adiantaram o diagnóstico positivo. O paciente, de 61 anos, será mantido em isolamento domiciliar.

Trata-se de um homem que esteve na região da Lombardia, norte da Itália, entre os dias 9 e 21 de fevereiro. Ele viajava a trabalho e sozinho, conforme a pasta. Ao voltar ao Brasil, apresentou sinais e sintomas da doença como febre, tosse seca, dor de garganta e coriza. O ministério informou que o paciente "está bem, com sinais brandos".
O caso foi detectado no Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista. O centro médico registrou a notificação da suspeita da doença e seguiu o protocolo, enviando a amostra para contraprova no laboratório de referência, do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo.

Mesmo com a confirmação do resultado positivo, integrantes do governo já adiantaram ao Estado que nada mudará na estratégia que já vem sendo conduzida para conter o avanço da doença, uma vez que o País já antecipou a decretação do estado de emergência em saúde pública. Nesse cenário, pode até fazer contratos sem licitação.