Carro de homem preso suspeito de despejar cola de sapateiro na esposa é achado queimado.


Nenhum suspeito foi identificado e o caso segue sendo investigado em Rio
Preto (SP). Vítima foi socorrida e encaminhada à Santa Casa após discussão com homem por causa de suposta traição.

O carro do suspeito de despejar cerca de três litros de cola de sapateiro na cabeça da esposa durante uma discussão foi encontrado queimado na terça-feira (9), em São José do Rio Preto (SP). O veículo foi encontrado perto da residência do casal, no bairro João Paulo II.
Segundo a Polícia Militar, a equipe foi acionada para atender a ocorrência de incêndio no veículo. No local foi constatado que o carro pertencia ao homem de 58 anos, que foi preso após a violência contra a mulher. A discussão teria ocorrido por causa de uma suposta traição.
Ainda de acordo com a PM, nenhum suspeito de queimar o carro foi identificado e o caso está sendo investigado.

Postar um comentário

0 Comentários