Acirp critica restrições e diz que 'temos de aprender a conviver' com a Covid.



A entidade chamou de "lockdown" as novas restrições adotadas em Rio Preto e disse que as medidas devem ser curtas e específicas; também reafirmou que "o setor produtivo não é o vilão"

Na nota, a associação, presidida pelo empresário Kelvin Kaiser, armou que entende que o fechamento do comércio e dos serviços é o "remédio errado" para combater a pandemia. "Estas medidas já foram adotadas anteriormente e foram ineficazes. 
E o pior, geraram mais problemas do que solução. Problemas para quem está trabalhando, para quem quer voltar a trabalhar, para quem precisa tratar da saúde e, também, para o setor público, que deixa de arrecadar", armou a entidade. 
A Acirp afirmou ainda que não há dinheiro para suportar a parada econômica prolongada. "E também não dá para suportar a indecisão do abre, fecha, dispensa funcionários, contrata, pega empréstimo para pagar dívida. Temos de aprender a conviver com a doença", diz a nota.

Nenhum comentário: