Bady Bassitt atrai investimentos de diferentes setores.



Conurbação entre o município e Rio Preto, por meio da BR-153, faz Bady atrair novos investimentos, mesmo em meio à pandemia.

Com a conurbação — fenômeno que ocorre quando dois centos urbanos se interligam — de Bady Bassitt e Rio Preto por meio da BR-153, o município menor tem atraído investimentos, mesmo em meio à pandemia. Em outubro, a Coluna havia destacado a abertura de três estabelecimentos na cidade de quase 18 mil habitantes. Agora, cinco meses depois, pelo menos outras seis novidades, de diferentes ramos, se instalaram no município. 

No mês passado, a construtora e incorporadora RNI, do Grupo Rodobens, lançou o Garden RNI, condomínio de casas que ocupará um terreno de 91,8 mil metros quadrados (m²), com 430 unidades entre 42,60 m² e 42,93 m², na Estrada Municipal BBS 325, em Bady. As obras do empreendimento, que tem R$ 73 milhões como Valor Geral de Vendas (VGV), serão iniciadas em abril e a previsão de entrega é para maio de 2023. De acordo com a empresa, a decisão de investir em Bady acontece devido ao alto poder de valorização da cidade, que permite fácil acesso a qualquer ponto de Rio Preto. O setor de alimentação também tem sido uma aposta de investidores.

 Com investimento de R$ 320 mil, a Molecaggio Pizzas abrirá, ainda este mês, uma nova unidade na avenida Projetada, no Parque Bady Bassitt. Esta será a 12ª loja da rede dirigida pelo empresário rio-pretense Edimilson Silva, que escolheu a cidade pela recente expansão imobiliária. A rede de sorvetes e açaí FrutyDellys, de Birigui, também ganhará uma loja em Bady, no Colinas Sul III. A novidade, que abrirá ao público em sistema de delivery e retirada neste sábado, 13, será comandada pela franqueada Dalileia Lima Costa Silva, que trocou Birigui pelo município vizinho a Rio Preto. A empresária investiu, inicialmente, R$ 100 mil, entre aquisição de equipamentos, reforma e franquia. 

A Coluna também apurou que, recentemente, Bady ganhou a Sabores da Terra, loja de produtos orgânicos, e a Dom Bueno Grelhados. As empresas foram procuradas pela reportagem, mas não responderam até o fechamento desta edição. Outros segmentos também têm buscado expandir as vendas na cidade vizinha a Rio Preto. A Vai Xorá Tintas, que há 19 anos comercializa tintas e acessórios, com três lojas em Rio Preto, abriuhá dois meses uma nova unidade, próximo ao Recinto de Rodeio de Bady. O proprietário do estabelecimento, Vitor Fumis, precisou investir cerca de R$ 300 mil. O fácil acesso não só a Rio Preto, mas também a outros municípios da região, foi um dos motivos para a expansão.

Nenhum comentário: