18 de março de 2021

Cone chinês pode auxiliar animais em casos de otites e outros problemas.



Tratamento complementar consiste em usar o aquecimento para a limpeza e a desobstrução do ouvido e das vias respiratórias, explica veterinária de Sorocaba (SP).

A preocupação com o bem-estar dos pets faz com que os tutores busquem, cada vez mais, terapias alternativas complementares aos tratamentos de saúde tradicionais. Técnicas milenares, como a acupuntura e a aromaterpia, já são bastante difundidas e reconhecidas quanto aos benefícios para a saúde. Outra técnica, menos conhecida, é a do cone chinês ou cone hindu.
Segundo a veterinária Paula Sader, de Sorocaba (SP), esse é um tratamento complementar à medicina ocidental e que pode auxiliar cães e gatos na remoção de excesso de cerúmen, no tratamento de otites, no alívio das vias respiratórias, em algias (dores), na redução do estresse, entre outros problemas.

Ainda de acordo com a veterinária, essa técnica consiste em usar o aquecimento para mover estagnações que estão gerando incômodo. A parte mais fina do cone chinês é posicionada verticalmente na entrada do ouvido do animal, enquanto a extremidade oposta é acesa com fogo.
“O aquecimento do cone faz com que ocorra uma 'pressão negativa', gerando, no local onde é aplicado, uma desobstrução, causando uma liberação do fluxo energético”, explica a veterinária.