20 de junho de 2021

Churrasqueira em apartamento: como escolher o modelo certo?


Churrasco é paixão nacional para os brasileiros. Essa satisfação de preparar o ‘evento’ para familiares e amigos não é mais privilégio de quem mora em uma casa: com o advento dos projetos de varandas gourmets em apartamentos, a combinação entre uma estrutura bem concebida com o modelo certo de churrasqueira para o ambiente, permite esse momento de descontração aos moradores. O segredo é saber especificar tudo e não deixar falta o essencial.

“Tudo depende da estrutura do apartamento. Se o imóvel já contar com uma saída de exaustor, podemos trabalhar com a churrasqueira a carvão, que é a mais tradicional e aclamada pelo sabor. Mas caso não seja possível, temos outras boas opções que se adequam às características que encontramos nas obras”, explica Bruno Moura, sócio de Lucas Blaia no escritório Blaia e Moura Arquitetos. Experientes, eles ainda adicionam a possibilidade de executar o espaço com as versões a gás, elétrica ou ecológica.

Para quem pretende ter uma churrasqueira em seu apartamento, Lucas e Bruno dão dicas de como escolher a melhor opção para seu lar.
Antes de eleger a churrasqueira ideal, é preciso analisar o espaço onde será instalada, conferindo se o apartamento possui shaft, duto ou chaminé para exaustão da fumaça. Alguns imóveis já dispõem de condições para a instalação desses equipamentos, de acordo com as normas do prédio.

A diferença entre os modelos
Ao determinar o local onde será instalada, é possível definir o tipo de churrasqueira que melhor atende à demanda do local e dos moradores, sempre pensando na funcionalidade e na praticidade:

- Carvão
Para quem não dispensa a preparação tradicional de um churrasco, a churrasqueira a carvão é a preferida. Neste modelo, o duto de exaustão é imprescindível, pois produz uma grande quantidade de fumaça, principalmente quando a gordura da carne cai na pedra. “A fumaça é implacável: se não indicarmos um caminho para sua saída, ela sobe e impregna o apartamento”, comenta Lucas Blaia. Na maioria dos empreendimentos novos, essa é a versão entregue pelas construtoras. O imóvel já costuma apresentar um braseiro embutido na bancada em pedra, que posteriormente receberá a churrasqueira, assim como um duto para saída da fumaça.

- Alternativa a gás
Conhecida por sua praticidade e eficiência, a versão a gás produz pouco volume de fumaça e é costumeiramente utilizada em apartamentos. Para tanto, é necessária a alimentação com um ponto de gás – seja encanado ou por botijão. Caso opte pelo gás encanado, a tubulação de cobre (embutida na parede ou no piso) requer registro de segurança próprio e de fácil acesso, mas antes de tudo é necessário a autorização do condomínio para realizar a obra.