24 de julho de 2021

Resenha do livro "Diário de uma princesa improvável"

Título:
 Diário de uma princesa improvável
Autora: Meg Cabot
Páginas: 200
Editora: Galera Record

    Olivia Grace Clarisse Mignonette Harrison é completamente normal. A única coisa que não é normal nela é seu nome (muito comprido e meio principesco), sua habilidade para desenhar animais (algo muito útil para sua futura carreira como ilustradora da vida selvagem) e o fato de ser quase órfã, pois não conhece o pai e depois que a mãe faleceu se vê forçada a viver com a tia e o tio. 
    Até que, num dia que tinha tudo para ser como os outros, as coisas parecem sair do controle: a menina mais popular da escola ameaça bater em Olivia, o diretor ameaça lhe tirar um ponto e... uma limusine com a princesa da Genovia, Mia Thermopolis, surge do nada. 
    Olivia na verdade é uma princesa, meia-irmã de Mia, e finalmente poderá conhecer o pai, a avó, Genovia, para então perceber que todos somos mais especiais do que pensamos.



"A questão é simples: sou completamente normal e entediante. Não parece existir motivo algum para Annabelle me odiar."


    Olivia sempre viveu uma vida normal demais, sem nada legal acontecendo. Sua mãe faleceu quando era pequena e ela nunca viu o pai, só falava com ele por cartas, por conta disso vive com sua tia, o marido dela e seus dois enteados.

    Ela sempre foi uma aluna ótima, sem nenhuma anotação nem inimizades. Mas um dia, Annabelle, a garota mais popular da escola, ameaça bater nela por ter escondido que era uma princesa. Mas ela não era uma princesa, só uma garota comum de Nova Jersey.

    Só que no meio da briga, quando ela achou que iria apanhar feio, ela ouve alguém chamando seu nome e todos parando para olhar ninguém menos do que a princesa Mia de Genovia indo em sua direção. E então ela descobre que era verdade, ela é uma princesa e, mais importante, ela finalmente vai conhecer seu pai.


"Eu nem parei para pensar. Porque quando você vê o seu pai pela primeira vez na vida, não tem nem o que pensar. Você simplesmente corre até onde ele está e joga os braços ao seu redor para abraçá-lo, por mais que, por ser um príncipe, ele esteja obviamente usando medalhas militares"


    Eu sou encantada por esse livro. Ele é muito fofo o tempo todo, além da história ser encantadora. A Meg Cabot é uma escritora conhecida já por fazer muito bem a muito tempo histórias do gênero Chic Lit para crianças e adolescentes e esse livro é um bom exemplo disso.

    Ele é o primeiro de uma série que vem se desenvolvendo (o segundo já foi publicado pela mesma editora aqui no Brasil) e é um spin off de "O diário da princesa", uma série de livros dos anos 2000 que conta a história da princesa Mia por meio dos seus diários.

    Agora com a Olivia, ela retrata melhor e mais de encontro com a nova geração as mesmas problemáticas da vida de uma pré-adolescente como fez com a Mia anos antes. Além de ser ilustrado, ele tem uma escrita fácil, que aproxima do leitor e se torna uma ótima opção para quem não tem o costume de ler ou está entrando nesse mundo agora.

    Mesmo os leitores mais velhos podem se pegar encantados com a pequena Oliva e os que cresceram acompanhando a princesa Mia (como eu!) vão adorar rever os personagens tão amados agora já adultos. Uma fofura do começo ao fim.