Olímpia Thermas Parque

5 de junho de 2021

Lojistas de Rio Preto vivem a expectativa da chegada do Dia dos Namorados

Estimativa é de que vendas atinjam o patamar pré-pandemia, com tíquete médio entre R$ 100 e R$ 120.

Pelo segundo ano consecutivo, o Dia dos Namorados será celebrado em meio à pandemia do coronavírus e com restrições de horários de atendimento e de capacidade de público nos estabelecimentos comerciais. Mesmo com as limitações impostas pelas regras sanitárias, faltando uma semana para a data, a expectativa do varejo é positiva. Isso porque a estimativa é de que o volume de vendas se reaproxime do patamar registrado no período pré-pandemia.

 A data é uma das mais importantes para o comércio, afirma Walter Carrazone, diretor de comércio da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp). "Todos os empresários estão otimistas com a data e têm estoque para atender toda a população, com variedade de produtos e preços para todos os gostos e bolsos". Carrazone ainda destaca que a entidade está com uma campanha institucional criada justamente para fortalecer o comércio local. "A estimativa é de que o tíquete médio de compras deste ano deva ficar em torno de R$ 120".

Para o diretor do Sincomércio, Orvásio Tancredi Junior, os segmentos que mais devem se beneficiar da data são os de vestuário, calçados, floriculturas e bijuterias. A estimativa é de um tíquete médio de até R$ 100. "A gente tem uma boa expectativa, pois ano após ano vemos que essa é uma data em ascensão", diz. Apesar do otimismo, Órvásio destaca que muitas famílias tiveram a renda comprometida, por isso o resultado pode não ser tão bom. "Nossa expectativa é boa, mas não é ótima".

 Mas há quem esteja apostando todas as fichas na data. No ano passado, as vendas na loja de vestuário feminino Donna registraram uma queda de 50% em relação a 2019, afirma o gerente de vendas Christian Giovinazzo Martins. Com a flexibilização nas restrições e reaquecimento da economia, ele acredita que o volume de vendas se aproxime do que era há cerca de dois anos. "Depois do lockdown sentimos um retorno gradativo e, nesta semana, a movimentação já chegou ao nível do que era antes pandemia", diz.

 Ainda segundo Christian, a retomada contou com ajuda das vendas pela internet, que hoje já registra uma média de 35% do faturamento mensal. "A expectativa é boa, já que essa data nos dá a oportunidade de atender um tipo diferente de clientela, que passa a conhecer a loja", diz.

AddToAny