Olímpia Thermas Parque

9 de agosto de 2021

Fórum de Olímpia abre Concurso para cinco vagas de Escrevente Técnico


O concurso para Escrevente Técnico do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo oferece 855 vagas para a Comarca da Capital e todas as Circunscrições Judiciárias das 10 Regiões Administrativas Judiciárias, inclusive Olímpia. Além dos vencimentos de R$ 4.981, o Tribunal de Justiça oferece auxílios para alimentação, saúde e transporte.

Para Olímpia, são cinco vagas, sendo uma destinada para candidatos ‘negros’ e outra para ‘condições especiais’.
Podem ser feitas inscrições até o dia 2 de setembro próximo. A prova será dia 31 de outubro deste ano.
Inscrições somente no site da Vunesp. Para se inscrever para a Comarca de Olímpia, escolha: 08ª Região – Barretos (Olímpia faz parte da 08ª Região – Barretos). Em seguida, coloque como “1ª Opção” a Comarca de Olímpia. Em seguida, escolha as demais opções.

Mas, se o candidato passar e não conseguir a comarca preferida, no caso a de Olímpia, depois de tomar posse há a possibilidade de remoção ou permuta para retornar à comarca original.
Especialistas lembram que é importante estudar, pois além das vagas desse edital, outros concorrentes poderão ser chamados. Já aconteceu de concursos passados serem chamados mais de 50 candidatos.

São condições para inscrição:
ser brasileiro nato, naturalizado ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12, § 1º da
Constituição Federal de 1988;
ter 18 anos de idade completos até a data da posse;
estar em dia com as obrigações eleitorais;
estar em dia com as obrigações do Serviço Militar;
não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, a Administração, a fé pública, os
costumes e os previstos na Lei nº. 11.343 de 23.08.2006;
não ter sido condenado por ato de improbidade previsto na Lei nº 8.429/92;
ter concluído, até a data da posse, o Ensino Médio;
gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
possuir na data da posse os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o
cargo e preencher as exigências para a posse previstas na Lei Estadual nº 10.261/1968 com suas atualizações.
Fonte: Diário de Olímpia