Olímpia Thermas Parque

8 de agosto de 2021

Investimentos pós-pandemia no turismo de Olímpia ultrapassam R$ 1 bilhão


O aeroporto de Olímpia ainda não foi construído, mas os negócios na Estância Turística já estão decolando. Entre investimentos públicos e privados, o município, que fica a 54 km de Rio Preto, ganhará daqui pra frente mais de R$ 1 bilhão de investimentos.

Entre este mês de agosto e setembro, a Natos Multi inaugura na cidade um novo resort multipropriedade: o Solar das Águas. Com investimento de R$ 435 milhões, o empreendimento contará com mil apartamentos em uma área de 380 mil m². O grupo também entregará, até 2025, o Solar das Brisas Park Resort, um condomínio de resorts, que terá quatro torres de 15 andares e 840 apartamentos. O investimento será de R$ 400 milhões, em média.

Como já informado pela Coluna, ainda este semestre, Olímpia ganha também o Museu de Cera e o Bar do Gelo, investimentos do Grupo Dreams, de Gramado junto a sócios investidores da cidade. Para os próximos anos, o Grupo Ferrasa lançará o segundo resort no modelo fracionado: O Hot Beach You, com 800 apartamentos, distribuídos em blocos de seis andares. O empreendimento terá Valor Geral de Vendas (VGV) de mais de R$ 1 bilhão. A previsão para o início das vendas é ainda para este semestre. Quem também deverá desenvolver um empreendimento no município é o Grupo Cataratas, responsável pela concessão dos parques nacionais Tijuca, Iguaçu, BioParque do Rio e Marinho, de Fernando de Noronha. Nesta semana, empresários do grupo realizaram visitas técnicas em Olímpia para avaliar a possibilidade. A Coluna apurou que a empresa, que é também responsável pela administração do Aqua Rio, teria interesse de instalar no município um aquário. Procurado, o grupo disse que “nada ainda está concretizado”.